Covid-19: taxa de contágio tem leve queda, mas MS registra 20 mortes

Resultado do avanço da vacinação, a taxa de contágio da Sars-CoV-2 apresentou queda de um ponto percentual em Mato Grosso do Sul no Boletim desta quarta-feira (4), após nove dias de estabilidade.

A taxa ficou em 0,86. Isso significa que um grupo de 100 pessoas contaminadas transmite o vírus para outras 86. O índice abaixo de 1 revela uma tendência de estabilização na transmissão do vírus. 

Apesar da queda, foram confirmados 531 novos casos e 20 mortes, totalizando 357.904 contaminações e 9.003 óbitos no Estado.

“Devemos chegar hoje a 20 milhões de casos confirmados no Brasil e a lamentável morte de 558.432 brasileiros. Em Mato Grosso do Sul, ultrapassamos a marca de 1 milhão de casos notificados, dos quais 634.426 foram descartados e 357.904 confirmados, o que representa 34% das notificações. O número de mortes ainda é expressivo. Já anunciamos nesta semana abaixo de dois dígitos e esperamos o dia em que poderemos anunciar que não tivemos nenhuma morte”, disse o secretário de Saúde, Geraldo Resende.

As últimas mortes foram de campo-grandenses (11); ponta-poranenses (2); água-clarense, corumbaense, coxinense, deodapolense, douradense, figueirense e paranaibense (1 cada).

Conforme o vacinômetro, quase 60% da população sul-mato-grossense tomou ao menos uma dose de imunizante contra a Covid-19. Considerando apenas a população com 18 anos ou mais, esse índice sobe para 80,35%.

Em relação a 2ª dose, 33,72% dos 2,8 milhões de habitantes já estão completamente imunizados ou 45,51% da população vacinável.

Já a ocupação de leitos de UTI está em 72% na macrorregião de Campo Grande, 60% em Dourados e Corumbá e 52% em Três Lagoas.

Paulo Fernandes, Subcom

Foto: Saul Schramm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp