Parque dos Poderes é opção do fim de semana para “sacudir o esqueleto” no Carnaval da pandemia

Para quem gosta de realizar atividades físicas ao ar livre no Parque dos Poderes, o projeto “Amigos do Parque” estará funcionando neste fim de semana, com pista interditada no local das 7h até às 19h. Mais uma oportunidade de cuidar da saúde com exercícios e ainda ter opções de lazer para toda família.

O projeto que foi criado em 2016 pelo governo estadual, sendo conduzido pela Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), foi uma forma de contemplar as pessoas que já usavam a estrutura do Parque dos Poderes para fazer exercícios nos finais de semana e feriados.

Para dar mais espaço e segurança as pessoas, nestas datas se fecha uma das pistas do Parque, que são usadas para corridas, caminhadas, passeio de bicicletas e patins. O trecho interditado (lado direito) é entre a rotatória da Avenida Mato Grosso (após a Avenida Hiroshima) até a Avenida Afonso Pena (em frente ao Corpo de Bombeiros).

O projeto chegou a ser suspenso durante a pandemia do coronavírus, no entanto após avaliação das autoridades se chegou à conclusão que era melhorar retomar as interdições, já que desta forma se ampliava o espaço reservado para as práticas de exercícios e assim evitava a aglomeração de pessoas no local, que mesmo durante o período de suspensão, continuavam a usar o espaço, mas utilizando apenas as calçadas.

Apesar do retorno do projeto em setembro deste ano, a Fundesporte fez questão de orientar os praticantes para manter o distanciamento social na hora das corridas e caminhadas, usar máscara nas atividades mais leves e não compartilhar itens como garrafas de água, objetos pessoais, alimentos e até o tradicional tereré.

“O projeto é feito com total segurança, com espaço para que as pessoas se exercitem ao ar livre com tranquilidade, distantes umas das outras, e sem o fluxo de carro, que pode ocasionar graves acidentes. O exercício físico ao ar livre ainda estimula o sistema imunológico e melhora a síntese de vitamina D, afastando doenças crônico-degenerativas e psicossomáticas”, destacou o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda.

Leonardo Rocha, Subcom

fonte: Portal MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp