Prefeitura vai resolver congestionamento da Três Barras com reordenamento viário

O projeto de reordenamento viário na rotatória das Avenidas Três Barras,  José Nogueira Vieira e  Rua Marquês de Lavradio, por onde passam mais de 30 mil veículos todos os dias e, com isso, provoca congestionamentos nos horários de pico, prevê a retirada da rotatória,  instalação de 2 conjuntos semafóricos, com 20 porta-focos  e adoção da mão-única  numa quadra da Rua Domingos Jorge Velho.  Em parceria com o Governo do Estado, serão investidos R$ 977.768,16 nas intervenções, que incluem a pavimentação de um trecho de 200 metros das Ruas Manoel da Nóbrega (paralela à Três Barras) e de 70 metros da Miguel Sutil (transversal à Três Barras).

Com a remoção da rotatória, readequação e construção de canteiros onde serão instalados os  semáforos, acabam o estreitamento  da Avenida Três Barras neste trecho.  Como hoje a preferência é para quem está fazendo a rotatória, se formam filas dos veículos que vão em direção à região do Bairro Rita Vieira  ou  daqueles que  vão para a região do Bairro Tiradentes, pela José Nogueira Vieira.

Durante a assinatura do convênio, o prefeito Marquinhos Trad afirmou que o projeto estratégico de reordenamento viário irá trazer melhorias para todas as regiões de Campo Grande. “Campo Grande se aproxima de 560 mil veículos automotores tanto de duas quanto de quatro rodas e, com isso, aliado ao fato das ruas da capital nunca terem sido planejadas, os índices de traumas causados por acidentes de trânsito crescem. Por isso, a parceria construída pela prefeitura com o governo do estado está oportunizando uma reforma de planejamento urbano, com técnicos de engenharia do trânsito, assegurando que Campo Grande, nos próximos dez anos tenha um trânsito planejado, ordenado, evitando principalmente aquilo que mais estressa os motoristas, que são os congestionamentos”.

A expectativa é que com a mudança o tráfego tenha  maior fluidez e seja reduzido o tempo do deslocamento.  Quem vem do bairro conseguirá seguir em frente pela Três Barras ou entrar na José Nogueira Vieira, com o tráfego regulado por semáforo.  Hoje, para fazer trajeto em direção ao Centro, o motorista  precisa entrar na José Nogueira, passar pela Rua Final, entrar na Marquês de Lavradio, para então voltar à Três Barras, depois da rotatória.

Outra alteração prevista é para quem vem do Bairro Vilas Boas pela Rua Domingo Jorge Velho, que passará a ser mão única (descendo) na última quadra. O condutor não conseguirá entrar na Avenida Três Barras. Terá de entrar à direita na Manoel da Nóbrega e depois à esquerda na Miguel Sutil.

Quarta  intervenção

Este será o quarto reordenamento do trânsito em rotatórias desde 2017. Nas rotatórias da Nelly Martins com Mato Grosso; Gury Marques /Interlagos e Joaquim Murtinho/Ceará, a solução para os gargalos no tráfego foi a instalação de semáforos que passaram a regular o fluxo de veículos. Em média, circulam diariamente nestes rotatórias mais de 110 mil veículos. Já estão em andamento as intervenções no trevo Imbirussu, nas avenidas Bandeirantes, Marechal Deodoro e Manoel da Costa Lima.

Para o diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito, Janine de Lima Bruno, essa intervenção será significativa para todos que utilizam a via, inclusive os pedestres. “A Avenida Três Barras se tornou uma importante ligação com a região sul da cidade. Além disso, com o aumento da quantidade de condomínios residenciais e comércios implantados na região, houve a necessidade de garantir mais segurança e fluidez para os veículos, ciclistas e pedestres”, disse.

Está no planejamento da Prefeitura o reordenamento do trânsito das rotatórias das avenidas Tamandaré com Euler de Azevedo.

Segurança Viária

Um segundo convênio, desta vez voltado para a segurança viária, foi assinado nesta tarde pela Prefeitura e Governo do Estado. Desta vez, o acordo de cooperação técnica e ampla colaboração prevê investimento de R$ 1.098.139,33 no custeio e capital no Fundo Municipal de Segurança Pública.

Com isso, a prefeitura poderá, por meio da Secretaria Especial de Defesa Social, promover a ampliação das fiscalizações de trânsito na capital, realizar capacitações aos servidores da municipalidade, bem como realizar ações preferencialmente de caráter educativo, objetivando maior segurança no trânsito.

O secretário de Defesa Especial , Valério Azambuja, pondera que o convênio fortalece as atividades de fiscalização do trânsito nas vias urbanas. “O repasse de recursos para essa finalidade vai fortalecer a logística, uma vez que vamos adquirir novas viaturas e equipamentos como cones, etilômetro, drones, e demais itens necessários para as blitzes preventivas, principalmente no período noturno, que visa identificar e tirar de circulação, principalmente, aqueles que ainda insistem em consumir bebidas alcoólicas e fazer uso da direção de veículos ou motocicletas. Aumentar as blitzes pedagógicas reduzirá significativamente o número de politraumatismo em pessoas envolvidas em acidentes no trânsito da nossa cidade”.’

*CG Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp