Início » Reinaldo Azambuja diz que parceria e incentivo às prefeituras são decisivos no avanço da vacinação em MS

Reinaldo Azambuja diz que parceria e incentivo às prefeituras são decisivos no avanço da vacinação em MS

Governador falou  também sobre o estudo de vacinação nos municípios de fronteira em entrevista para Globo News nesta quarta

O bom desempenho da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Mato Grosso do Sul é resultado de parceria e incentivo aos municípios, conforme destacou o governador Reinaldo Azambuja durante entrevista à Globo News na manhã desta quarta-feira (7). Com 23% da população imunizada com a segunda dose, o Estado está acima da média nacional, em termo de vacinação completa.

Para Reinaldo, o avanço da vacinação se dá em grande parte pela sintonia das equipes. “Desde o início dialogamos muito bem com os 79 municípios. A vacina chega a Campo Grande e em menos de 12 horas é distribuída às prefeituras. Criamos uma logística com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública, bombeiros e policiais que pegam [as vacinas] nas centrais e distribuem rapidamente e isso resulta no avanço da vacinação. O Estado detém a distribuição, mas ele não tem as equipes, quem aplica são os trabalhadores das unidades de saúde”, disse.

Na entrevista também foi destacado o incentivo financeiro disponibilizado aos municípios que mais aplicarem as doses recebidas. Foram disponibilizados R$ 5.899.727,40, recurso que tem como objetivo o fortalecimento a campanha de vacinação no Estado. “A gente dá um incentivo por dose aplicada: R$ 2,10. Disponibilizamos o auxílio aos municípios que tem maior volume de aplicação para ser distribuído como gratificação às equipes que aplicam as vacinas. Isso acaba estimulando e os municípios que vacinam aos sábados, domingos e horários noturnos. Tem um percentual a mais de ganho”, pontuou o governador.

Fronteira

O estudo do VEBRA COVID-19 (Vaccine Effectiveness in Brazil Against COVID-19) que vai apontar efetividade e impacto da vacinação em massa na fronteira também foi um dos pontos debatidos na entrevista. 150 mil doses da Janssen foram destinadas aos 13 municípios que fazem fronteira com outros países em Mato Grosso do Sul. “Esse estudo nós propusemos ao Ministério da Saúde há 60 dias, pois na fronteira você tem uma população que é migrante. Fizemos essa proposta ao Ministério, ele acatou, agora mandaram as doses que vai permitir imunizar como um laboratório, nos 13 municípios de fronteira, praticamente toda população de 18 anos acima. Isso ajuda também a avançar nos índices de vacina em todo Estado”, afirmou.

Vacinômetro – Conforme dados do vacinômetro disponibilizado no site do Governo do Estado, até às 9 horas desta manhã, 1.881.497 pessoas foram imunizadas, destas, 1.216.78

Joilsin Francelino, Subcom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp