Richard Donner vai deixar aposentadoria para dirigir Máquina Mortífera 5

Aos 90 anos de idade, o célebre cineasta Richard Donner, diretor de clássicos como “Superman – O Filme” (1978), “Os Goonies” (1985) e “Máquina Mortífera” (1987), decidiu voltar mais uma vez para trás das câmeras. Em entrevista ao jornal britânico The Daily Telegraph, ele confirmou os planos de comandar um quinto filme da franquia “Máquina Mortífera”.

“Este será o último. É meu privilégio e meu dever levar essa história até o final. É excitante, para falar a verdade! Este é o último, posso prometer isso!”, afirmou o diretor.

Donner, que assinou todos os quatro filmes anteriores de “Máquina Mortífera”, não lançava um longa-metragem desde “16 Quadras”, de 2006. Ele já se considerava aposentado da função.

Os rumores a respeito da produção de “Máquina Mortífera 5” começaram a circular em 2007 e ganharam força dez anos depois, quando foi noticiado que os astros Mel Gibson e Danny Glover estudavam a possibilidade de reeditar sua parceria clássica num quinto filme.

Mais recentemente, durante um entrevista de janeiro passado para o site The Hollywood Reporter, o produtor Dan Lin revelou que o longa estaria realmente em desenvolvimento com o retorno da equipe original, incluindo o diretor Richard Donner e os atores Mel Gibson e Danny Glover.

“Estamos tentando fazer o último filme de ‘Máquina Mortífera’. E Dick Donner está de volta. O elenco original também. É simplesmente incrível. A história em si é muito pessoal para ele. Mel e Danny estão prontos para rodar, então apenas dependemos do roteiro”, contou o produtor na ocasião.

O envolvimento de Donner voltou à tona em novembro, quando o astro Mel Gibson revelou que a continuação estava realmente sendo produzida com participação de todos os envolvidos na franquia original, incluindo o diretor.

Como os fãs devem lembrar, Mel Gibson co-estrelou os quatro filmes de “Máquina Mortífera”, de 1987 a 1998, interpretando o detetive da polícia de Los Angeles Martin Riggs, ao lado de Danny Glover como seu parceiro Roger Murtaugh – que já nos anos 1980 dizia estar “velho demais” para isso.

Nos últimos tempos, a franquia também foi adaptada para a TV numa série conturbada de 2016, que teve o intérprete televisivo de Riggs, o ator Clayne Crawford, demitido ao final da 2ª temporada por “mau comportamento”, após ataques de estrelismo e até agressões físicas contra o colega Damian Wayans, intérprete de Roger Murtaugh. A atração foi cancelada logo em seguida, ao final de seu terceiro ano, que acabou em fevereiro de 2019 num cliffhanger (gancho para a continuação) sem resolução.

Fonte: Pipoca Moderna

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp