Procon pesquisa produtos de consumo tradicional na Páscoa; variação de 318,76% no valor de peixes

Pesquisa da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão integrante da  Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast realizou levantamento para verificar preços dos produtos consumidos tradicionalmente na semana Santa. Pescados e ovos de Páscoa são concorridos pelas famílias que seguem esse ritual de comemoração.

Conforme o levantamento para ambos os casos, realizado entre os dias 22 a 24 de março em curso.  No quesito peixes,  foram visitados 13  estabelecimentos envolvendo 35 produtos, enquanto no que tange a chocolates e similares os locais  visitados foram sete, verificados os preços de 107 itens dos quais são divulgados 92.

Em se falando de peixes, os que obtiveram  maior variação foram sardinha inteira com vísceras. O quilo do produto é  encontrado por R$ 36,39 e por R$ 8,69 o que representa  variação  de 318,76%. A menor variação se relaciona ao Curimba eviscerado foi de R$ 16,00 e R$ 14,90.

Como detalhe,  no total de produtos pesquisados,  onze não  apresentaram diferença de preços nos estabelecimentos visitados e cinco tiveram variação superior a 100%,  sobressaindo-se a  sardinha  inteira com vísceras com 318,76 por cento de  diferença.

Chocolates 

Também tradicionais para a época, produtos de chocolate  também foram pesquisados. Neste caso, a maior  variação registrada foi do “coelhinho” com ovo de 40 gramas, este item  está a  venda por R$ 9,99 mas pode ser comprado por R$ 4,79 em outro estabelecimento, ou seja, diferença de  108,56%.

Os ovos de chocolate ao leite com recheio sabor trufas, pesando 350 gramas apresenta variação de 0,04%. É possível encontrar o produto  por R$ 23,50 enquanto em outro local o preço é R$ 23,49. Em relação ao  “coelhinho”, com 108,56, apresentou aumento superior a 100%. Por sua vez, 22 entre os itens pesquisados não sofreram qualquer diferença.

Como ocorre quando da realização de pesquisas, também foram estabelecidos índices comparativos de preços dos produtos entre os encontrados no ano passado (2020) e este ano, o que ocorreu apenas em relação a chocolates uma vez que não houve pesquisa sobre peixes no ano passado.  Foram verificados 11 itens que apresentaram as mesmas características – tamanho, peso e medida – tendo sido encontradas  diferenças  para menor três deles . O ovo Bis ao Leite teve  redução de – 11,04%. Os outros oito tiveram acréscimo com destaque para o Ovo de Páscoa (caminhão) Montevergine com 318g onde aumento registrado foi de  15,79%.

Em anexo planilhas da pesquisa, onde constam nomes e endereços dos estabelecimentos  visitados,  e do comparativo. 

CHOCOLATES DIVULGAÇÃO
COMPARATIVO ANUAL
PEIXES DIVULGAÇÃO

Waldemar Hozano, Procon
Foto; Fotos Públicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp