Esportes

Bolsa Atleta: Termina hoje o prazo para apresentação de recurso ao resultado da pontuação

Termina nesta quarta-feira (19), às 23h59, o prazo para os candidatos no processo seletivo do Bolsa Atleta 2021-22 apresentarem recurso referente ao resultado preliminar da classificação por pontos. A lista com a pontuação foi divulgada no dia 12 de maio (clique aqui para acessar) no Diário Oficial do Estado (DOE-MS). O programa de auxílio financeiro do Governo do Estado é administrado pela Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Ressalta-se que este não é, ainda, o resultado final, trata-se da segunda fase do processo seletivo para concessão do benefício mensal. Os pleiteantes devem recorrer da decisão via e-mail, com envio da declaração de recurso (clique aqui para baixar o modelo) preenchido para o endereço eletrônico bolsafundesporte@gmail.com, obrigatoriamente em formato PDF.

O Comitê Gestor da Bolsa Atleta e Bolsa Técnico (Cogeb) da Fundesporte julgou e classificou os atletas com base nas informações contidas nas declarações de desempenho em competições apresentadas na inscrição, utilizando a Tabela de Pontuação, presente na Portaria Normativa/Fundesporte Nº 02, de 11 de fevereiro de 2021. Para a seleção dos bolsistas, contam os resultados de competições estaduais, regionais, nacionais e internacionais disputadas no período de 1º de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2020.

Após a fase de pontuação, serão realizadas entrevistas com os candidatos melhor classificados no ranking por pontos. Os mais qualificados, conforme critérios normativos do Cogeb/Fundesporte, serão os beneficiados. A classificação dos requerentes ao Bolsa Técnico, que contempla profissionais formadores e treinadores, depende exclusivamente dos resultados de seus respectivos atletas no processo seletivo.

No total, foram realizadas 684 inscrições no programa de auxílio financeiro do Governo do Estado, que objetiva garantir condições aos atletas de alto rendimento, para que se dediquem ao treinamento desportivo, além de valorizar o profissional responsável pela formação e desenvolvimento de atletas. Na primeira fase, o Cogeb/Fundesporte analisou a regularidade dos documentos apresentados na inscrição e o cumprimento dos requisitos mínimos para continuar na seleção.

Para o período 2021-22, o Governo do Estado investirá R$ 2,74 milhões, somando-se todas as 12 parcelas (R$ 227.750,00 por mês), valor que representa o dobro de recursos da edição anterior. A quantidade de bolsas ofertadas também foi ampliada em 40% (de 190 para 265 – 235 atletas e 30 técnicos), além do aumento de 80% no número de categorias (de cinco para 11).

As categorias de bolsa são Estudantil (100 bolsas de R$ 500), Universitário (15 de R$ 950), Nacional (50 de R$ 950), Nacional Paralímpico (20 de R$ 950), Máster (10 de R$ 950), Pódio Complementar (10 de R$ 1.200), Pódio Complementar Paralímpico (10 de R$ 1.200), Internacional (10 de R$ 1.200), Olímpico e Paralímpico (10 de R$ 1.400), Técnico I (15 de R$ 1.000) e Técnico II (15 de R$ 1.500).

Serviço

A Fundesporte criou um canal de comunicação para mais informações e esclarecimento de dúvidas. Basta entrar em contato pelo telefone (67) 3323-7225 ou adicionar este número e mandar uma mensagem pelo WhatsApp.

Lucas Castro, Fundesporte
Foto: Arquivo Fundesporte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *