Cantora Delinha recebe vacina contra Covid e diz que espera viver “cento e poucos anos”

“Vamos em frente. Essa vacina vai dar sorte, vai dar saúde para todos nós”. Com essa frase, a “Rainha do Rasqueado” e “Embaixadora Cultural de Mato Grosso do Sul”, a cantora Delinha, anunciou que dentro de alguns minutos iria tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19. O procedimento foi realizado na tarde desta quarta-feira (10) no drive-thru, montado pela Prefeitura de Campo Grande no Parque Ayrton Senna, Bairro Aero Rancho.

Diante dos secretários de Saúde Geraldo Resende (Estado) e José Mauro (município), a cantora que vai completar 85 anos em setembro, demonstrou convicção sobre a necessidade da vacinação contra o novo coronavírus. Imunizada, ela disse que espera viver “uns cento e pouco anos”.

“A vacina é uma esperança da volta à normalidade. Mas só que vai demorar, ainda. Você toma a primeira dose, toma a segunda… Mas enquanto não acabar [a pandemia], não tiver mais ninguém pegando [a Covid], não podemos descuidar”, ponderou Delinha.

Antes de receber a primeira dose, num bate-papo descontraído com os jornalistas, aconselhou: “E vocês se cuidem, usem máscara, não abracem, não cheguem perto de ninguém que vocês não conheçam, principalmente na rua… onde você estiver, com muita educação, peça desculpa e saia de mansinho porque, olha, está muito perigoso, gente…”

Gratificante

Para o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, o ato foi muito gratificante e emocionante. “Vim participar da vacinação da cantora Delinha, que é um símbolo da música regional de Mato Grosso do Sul. Ela está dando as explicações e a gente vê que ela aprendeu como ninguém e está, inclusive, se comportando como se fosse uma profissional da saúde porque está totalmente equipada e com conhecimento muito vasto para poder direcionar à população. A participação dela é muito importante porque motiva, cria condições para que os outros idosos venham a comparecer”.

Sobre a campanha de vacinação em Mato Grosso do Sul, o secretário disse que o Estado tem sido exemplo para o país. “Já mostramos que somos competentes na distribuição das doses. Fizemos a quarta remessa em apenas 12 horas para todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul. A nossa organização de logística está sendo exemplar para o país e esperamos que o Governo Federal possa encaminhar novos lotes, porque vamos dar conta do recado e vamos estar entre os estados que melhor fazem o processo de imunização, dentre as 28 unidades da Federação”, concluiu.

Texto: Ricardo Minella, SES

Fotos: Edemir Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp