Prefeitura e MPE discutem retorno das aulas nas escolas em Campo Grande

Em reunião na tarde desta sexta-feira (15), a Prefeitura Municipal de Campo Grande e o Ministério Público Estadual discutiram o retorno das atividades escolares. Durante o encontro foi debatido a volta às aulas tanto nas escolas particulares quanto nas do município. 

A autorização para o retorno das atividades das escolas privadas está em vigor desde setembro do ano passado, quando os alunos de berçário e educação infantil – entre zero e sete anos de idade – reiniciaram as aulas presenciais mediante medidas de biossegurança e cumprimento dos decretos que estipulam a ocupação máxima das salas de aula. 

Para o retorno das aulas da rede municipal foi cogitado que as atividades iniciem em 08 de fevereiro, ainda de forma remota e, a partir do mês de março, poderá ser adotado o ensino híbrido, onde os alunos passarão a ter aulas online e, em irão às escolas para realizar algumas atividades. 

“Inicialmente as medidas de segurança continuam as mesmas dos decretos já vigentes, sendo de 30% de ocupação máxima nas salas de aula para ensino fundamental e médio e 50% para berçários e educação infantil, podendo ter alterações dependendo da situação epidemiológica no município”, explica a superintendente de vigilância em Saúde, Veruska Lahdo. 

Um novo encontro deve acontecer nos próximos meses para discutir alterações e outras possibilidades em relação as aulas tanto na rede privada quanto na pública.

Na reunião estiveram presentes, além da superintendente, o secretário municipal de saúde, José Mauro Filho, o superintendente de Gestão das Políticas Educacionais da Semed, Waldir Leonel e as promotoras Filomena Fluminhan e Vera Vieira – coordenadora adjunta do grupo de atuação especial da educação. 

fonte: CGNotícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp