PF deflagra operação contra lavagem de dinheiro

Na manhã desta terça-feira (08), a Polícia Federal deflagam a Operação Mineração de Ouro, com intuito de apurar prática de crimes de peculato, corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A ação conta com apoio da Controladoria-Geral da União e da Receita Federal do Brasil. As investigações tiveram início a partir de informações obtidas no âmbito da Operação Lama Asfáltica.

Estão sendo cumpridos 20 mandados de busca e apreensão na Capital, em Sidrolândia e Brasília. As ordens judiciais foram expedidas pelo Superior Tribunal de Justiça – STJ.

Policiais estiveram em um escritório na rua Manoel Inácio de Souza, 1740, no Jardim dos Estados, na Capital. No local é possível ver três placas: Mineradora Betione, Neves & Barbosa – Advogados associados e Vanildo Neves – corretor de imóveis. O escritório pertence á Vanildo Neves, vice-prefeito de Aquidauana, irmão de Waldir Neves e sócio administradores da mineradora.

A operação contou com 102 policiais federais, além de servidores da Controladoria-Geral da União e Receita Federal do Brasil. Até o momento não se tem informações sobre alguma prisão.

O nome da operação decorre de indícios de que a aquisição de direitos relacionados a mineração tenha sido utilizada para lavagem de dinheiro.

Foto Luciano Muta

fonte: Diário Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp