Roubos a farmácias da Capital caem quase 60% no último mês

A quantidade de roubos cometidos em desfavor de farmácias e drogarias caiu 57% após série de ações de policiamento desenvolvidas em Campo Grande, de acordo com levantamento realizado pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos (Derf).

A comparação foi feite entre o mês de junho – onde ocorreram sete roubos – e o mês de julho – onde ocorreram apenas três roubos.

O resultado é fruto do trabalho das forças de segurança locais, que contaram com ações repressivas especializadas desenvolvidas pela Especializada. Durante diligências executadas recentemente, policiais civis que atuam na Delegacia identificaram vários criminosos envolvidos nesse tipo de delito.

Conforme o delegado-adjunto da Derf, Fábio Brandalise, mais de seis pessoas envolvidas em nesses delitos (direta ou indiretamente) foram identificadas, algumas delas responsáveis por mais de um roubo. Ele esclareceu ainda que, durante as investigações, a Derf representou por prisões preventivas, cumpriu mandados de prisão, recuperou objetos subtraídos e responsabilizou receptadores.

“Como notamos que no mês de junho ocorreu um aumento na ocorrência destes tipos de crime (no mês de maio foram cinco) iniciamos um trabalho direcionado para identificar, indiciar e prender os envolvidos”, explicou.

“Portanto, havia uma tendência de aumento, sendo que a diminuição ocorreu em razão do trabalho desenvolvido pela DERF, sem olvidarmos da importância do trabalho de Policiamento preventivo realizado pela PM e pela Guarda”, concluiu.

Carlos Eduardo Rodrigues Orácio, PCMS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp